ABQ - Academia Brasileira da Qualidade

A Academia Brasileira da Qualidade (ABQ) é uma organização não governamental e sem fins lucrativos, tendo como membros participantes pessoas experientes e de reconhecida competência profissional adquirida ao longo dos anos – nas universidades, nas empresas e em outras organizações privadas ou públicas – em atividades relacionadas à engenharia da qualidade, à gestão da qualidade e à excelência na gestão. A administração da ABQ é realizada por um colegiado eleito entre os membros, de acordo com seu Estatuto.

Publicado em: 13/11/2019
VP Roriz abre VI Seminário sobre Qualidade e Competitividade
O Vice-Presidente da FIESP/CIESP abriu no dia 6 o VI Seminário ABQ Qualidade Século XXI

 

 

O Vice-Presidente da FIESP e do CIESP, José Ricardo Roriz Coelho, abriu no dia 6 o VI Seminário ABQ Qualidade Século XXI no Espaço Nobre da FIESP. Pelo sexto ano consecutivo a Federação apoia o evento, promovido pela Academia Brasileira da Qualidade, que nesta edição abordou a competitividade brasileira.

 

 

 

Em suas palavras Roriz ressaltou a importância que a FIESP atribui ao tema, em razão do volume da participação da Indústria nas exportações do País e da posição do Brasil, que se encontra ainda atrás dos players que estão mais bem preparados para a adoção dos conceitos da indústria 4.0 e seus recursos digitais. As primeiras palestras, aliás, apresentaram dados bastante desfavoráveis sobre a posição do Brasil no Mundo.

 

 

Após painel no qual transnacionais brasileiras (WEG e Marcoplo) apresentaram suas práticas para enfrentar a concorrência internacional, foi a vez do ex-Ministro Roberto Rodrigues, Membro da ABQ e Diretor da GVAgro, apresentar as razões do sucesso do agronegócio brasileiro.  O programa incluiu justa homenagem ao ex-Ministro da Agricultura Alysson Paolinelli, que recebeu placa exaltando seu extraordinário papel na modernização das atividades na agricultura e pecuária nacional.

 

 

As organizações que apoiam tecnicamente e fomentam o desenvolvimento das empresas como o BNDES, FINEP, FNQ, MBC, SEBRAE e o Ministério da Economia apresentaram casos reais de sucesso em que esse suporte foi importante, e discutiram novas ideias para alavancar o desenvolvimento econômico e social de forma mais integrada.

 

 

O VI Seminário foi assistido por quase 1.000 pessoas presencialmente e via Internet em todo o Brasil. Os resultados da pesquisa realizada evidenciaram seu elevado grau de satisfação.

 

 

(informações adicionais, fotos, gravação de entrevistas e do programa disponíveis) 

 

Por Dídio Art & Design | © Todos os direitos reservados | 2015